Notícias

Júri condena motorista a 12 anos de prisão por provocar morte ao dirigir embriagado

O Acidente aconteceu em outubro de 2014

Um motorista que dirigia embriagado e provocou acidente com morte, em Araranguá, no sul de Santa Catarina, foi condenado a 12 anos de reclusão pelo crime de homicídio, e seis meses de detenção e dois meses de suspensão do direito de dirigir por embriaguez ao volante.

O júri popular, sob a presidência do juiz Guilherme Mattei Borsoi, da 1ª Vara Criminal de Araranguá, realizado na última sexta-feira (23/6), reconheceu o dolo eventual e a sentença determinou a suspensão da Carteira Nacional de Habilitação durante o cumprimento da pena de homicídio, em regime inicial fechado.

O acidente aconteceu em outubro de 2014, quando o réu conduzia uma camionete no sentido Araranguá/Arroio do Silva. Logo após manobra de ultrapassagem forçada, em local proibido, ele atingiu o carro dirigido pela vítima, que vinha em sentido contrário. Testemunhas chegaram a filmar a maneira como o réu conduzia o veículo, em zig zag na pista na pista de rolamento (Autos 00616016420148240004).

Fonte: Poder Judiciário de Santa Catarina